Share: Share on Facebook Share on Twitter Share on LinkedIn I recommend visiting cushmanwakefield.com to read:%0A%0A {0} %0A%0A {1}

Cushman & Wakefield é pioneira em inovação e na utilização de drones para monitorar empreendimento corporativo

2/18/2020

O e-Business Park, que faz parte da gestão de empreendimentos corporativos da Cushman & Wakefield, fica localizado no centro expandido de São Paulo (próximo às marginais), possui 160 mil m² de área em condomínio fechado, e atualmente, é um marco em inovação tecnológica no setor de monitoramento predial no País.

Esta é a primeira vez que uma operação em um centro empresarial adota monitoramento por drones no Brasil. Com infraestrutura robusta, o complexo compreende um bosque e área verde com mais de 2.000 árvores, espaço de eventos e convenções, praça de alimentação e de serviços, com bancos, farmácia, revistaria, lotérica e lojas diversas.

A trajetória do plano-piloto, até a sua implantação, passou por diversos desafios que abrangem segurança e cobertura completa do espaço. Acompanhe o artigo e entenda como as funcionalidades desse drone atenderam a demanda com precisão e integração de serviços.


O desafio de monitorar um empreendimento tão grandioso
Até 2004, o empreendimento onde hoje é o e-Business Park operou exclusivamente como uma fábrica e se tornou um complexo empresarial referência, graças à transformação dos espaços fabris em modernos e amplos escritórios, após um processo de retrofit.

O grande desafio da Cushman & Wakefield na gestão do empreendimento foi garantir a segurança de todos os usuários do espaço e, ao mesmo tempo, assegurar seu pleno funcionamento.

No mês de julho de 2019, para resolver este desafio, junto à Associação E-Business Park, a Cushman & Wakefield firmou parceria com a empresa Aeroscan. Com esse recurso, o empreendimento passou então pela fase de testes do uso de drones, monitorando o espaço com alta tecnologia e coletando dados com mais precisão. A ideia desta dinâmica surgiu no começo do mesmo ano. A prova de conceito começou no final de julho e foi até a segunda semana de agosto do mesmo ano.

Menor interferência humana possível, redução de custos e meios de controle mais eficientes
O monitoramento conta com um drone que faz três rondas por dia: uma em formato de “T”, que sobrevoa as duas principais vias do empreendimento, e duas que monitoram o entorno do E-Business Park, assegurando a segurança em todo o perímetro. Segundo Gianlucca Piva de Oliveira, gerente de operação responsável pela implantação no E-Business Park, as rondas automatizadas com drone permitiram mudar o conceito de segurança no empreendimento.

“Visto de cima diariamente, conseguimos ter os detalhes do perímetro e identificar riscos antecipadamente. As rotas do drone são predefinidas por GPS e as monitoradas, por uma central de segurança remota, que armazena as imagens em cloud. O próximo passo é o uso da inteligência artificial para detectar automaticamente comportamentos prejudiciais”, explica.

O gerenciamento dos drones é feito pela plataforma da Aeroscan, startup formada pelos sócios Marcelo Musselli, Marco Forjaz e Marcello Moreira. A solução permite gerenciar múltiplos dispositivos em uma operação automatizada, sem a necessidade de controle direto do operador, facilitando que as ocorrências sejam salvas na plataforma em tempo real. A rota dos equipamentos é calculada, levando em consideração fatores como altura e locais para possíveis quedas.

Próximos passos da evolução
Após a conclusão da fase de testes e iniciada a implantação do sistema, a Cushman & Wakefield planeja levar os benefícios do uso de drones para outros empreendimentos que gerencia, como galpões logísticos e propriedades de grandes dimensões.

Cada vez mais a integração da alta tecnologia está presente em todos os segmentos de atuação da empresa. Dentro do setor de Property Management, isso não é exceção. Em conjunto com o desenvolvimento da inteligência artificial, a busca por aumento de valor agregado nos serviços aos clientes é constante. No caso do drone, é possível facilitar a avaliação de telhados de galpões logísticos e a identificação de possíveis pontos de correção, além de inspecionar grandes taludes e fachadas de edifícios. “Em alguns anos, esse modelo de vistoria será majoritário”, analisa Emerson Lima, gerente de desenvolvimento da Cushman & Wakefield.

Para Cezar Calabró, gerente de portfólio e responsável pela operação, a ação no e-Business Park reflete o espírito inovador da Cushman & Wakefield, na busca constante pela inovação. Um projeto pioneiro, que busca a menor interferência humana possível na sua operação, redução de custos e controles mais eficientes.


Sobre a Cushman & Wakefield
A Cushman & Wakefield (NYSE: CWK) é uma líder global em serviços imobiliários corporativos que oferece valor excepcional para ocupantes e proprietários. É uma das maiores empresas do setor no mundo, com aproximadamente 53.000 funcionários em 400 escritórios e 60 países. Em 2019, seu faturamento foi de US$8,8 bilhões proveniente de suas principais linhas de serviços como gerenciamento de propriedades, facilities, gestão de projetos, locações, capital markets, avaliação imobiliária e outros serviços. Saiba mais em www.cushmanwakefield.com.br 

 

Insights Apresentados

Edifício Arquiteto Carlos Bratke
Artigo • Escritório

Edifício Arquiteto Carlos Bratke

Passados 7 anos desde sua construção, quem passa pela Rua Sansão Alves dos Santos, na região da Berrini, em São Paulo, continua a se impressionar com a estrutura única do edifício Arquiteto Carlos Bratke. Seus 28 mil m² de área foram projetadas pelo renomado arquiteto, que não à toa teve seu nome estampado na fachada


Stela Hirata • 8/5/2022
Green is Good
Artigo • Sustainability

Green is Good

À medida que aumenta o interesse dos investidores e proprietários por estratégias ESG, edifícios corporativos com certificação LEED fornecem um indicador chave de desempenho comparativo. O estudo Greens is Good, realizado pela Cushman & Wakefield, mostrou que edifícios corporativos com certificação LEED têm desempenho superior em relação aos não certificados.

Satoshi Yadoya • 6/30/2022

NÃO ENCONTROU O QUE PROCURA?

Entre em contato com um de nossos profissionais.

A Cushman & Wakefield utiliza cookies para analisar o tráfego e melhorar a experiência de navegação do usuário neste website. Feche este diálogo para confirmar o seu consentimento, ou visite esta página para saber mais:
Informações Importantes sobre cookies

Mais opções
Concordar e Fechar
These cookies ensure that our website performs as expected,for example website traffic load is balanced across our servers to prevent our website from crashing during particularly high usage.
These cookies allow our website to remember choices you make (such as your user name, language or the region you are in) and provide enhanced features. These cookies do not gather any information about you that could be used for advertising or remember where you have been on the internet.
These cookies allow us to work with our marketing partners to understand which ads or links you have clicked on before arriving on our website or to help us make our advertising more relevant to you.
Agree All
Reject All
SAVE SETTINGS