Share: Share on Facebook Share on Twitter Share on LinkedIn I recommend visiting cushmanwakefield.com to read:%0A%0A {0} %0A%0A {1}

2022: o ano oficial do retorno ao escritório

Stela Hirata • 12/29/2021
Embora muitas empresas tenham anunciado o retorno ao trabalho presencial ainda em 2021, muitas delas adotaram 2022 como o ano da volta oficial ao escritório.

Com isso, o fluxo de pessoas circulando pelas cidades deve ficar mais parecido com o habitual, mas ainda assim será menos intenso. Preparamos um panorama inicial do que esperar do retorno em 2022.

retorno ao escritório

Retorno deve movimentar cidades
O ano de 2022 deve ser oficialmente o ano do retorno ao escritório. De fato, o aumento no número de pessoas circulando pelas regiões que abrigam grande número de empresas (as áreas CBDs ou principais regiões comerciais), observado principalmente nos grandes centros urbanos como São Paulo e Rio de Janeiro é um reflexo dessa crescente.

A volta do movimento em estacionamentos, restaurantes e comércios no entorno desses locais é bastante visível. Em alguns deles o fluxo é mais intenso do que no período pré-pandêmico. Isso se deve aos estabelecimentos que fecharam, o que diminiuiu a quantidade de opções disponíveis.

Para Celina Antunes, CEO da Cushman & Wakefield para América do Sul, é muito importante que as pessoas que estão indo presencialmente ao trabalho encontrem o suporte necessário: “muitos estabelecimentos fecharam durante a pandemia e agora é o momento deles repensarem a abertura ou lançarem em outro lugar”, comenta.

E não é apenas persepção, de acordo com uma pesquisa recente realizada pela KPMG:
• 52% das empresas voltaram ao trabalho presencial em 2021
• 40% apontam que a volta acontecerá no primeiro semestre de 2022
• 8% no devem voltar no segundo semestre de 2022

Futuro do trabalho
O futuro do trabalho é um dos temas mais discorridos atualmente e ao que tudo indica, as previsões de volta para 2022 devem se concretizar. O retorno ao trabalho presencial tem sido gradativo e deve acontecer apenas em alguns dias da semana: “as pessoas estão começando a voltar. A maioria das empresas, principalmente as grandes, pretendem voltar gradativamente. A grande tendência é ficar três dias no escritório e dois dias em casa”, afirma Celina.

Ainda segundo o estudo da KPMG, somente 15% das empresas não pretendem incorporar o home office como prática comum:
• 29% das empresas devem manter o home office duas vezes por semana
• 29% três vezes por semana
• 11% cinco vezes por semana
• 9% quatro vezes por semana
• 7% uma vez por semana

Stela Hirata, diretora de Property Management da Cushman & Wakefield, tem acompanhado o retorno gradual de seus clientes: ‘‘em condomínios de lajes corporativas em São Paulo e Rio de Janeiro, em média 25% da população fixa já voltou ao trabalho presencial. Em outros estados, onde os empreendimentos são menores, a média sobe para 50%’’, explica.

O trabalho remoto, que já era uma forte tendência em diversos países do mundo, acelerou a aceitação desse modelo no Brasil devido à pandemia. O que pudemos entender deste cenário é que tanto o trabalho 100% presencial, quanto o 100% remoto não devem ser a tendência, ganhando destaque o modelo híbrido.

Desde o início da pandemia, as empresas encontraram no modelo híbrido o formato mais equilibrado de trabalho, pois além de gerar economia, ele se mostrou uma boa alternativa para amenizar os impactos da rotina desgastante das grandes cidades, contribuiu para a produtividade dos colaboradores e os manteve em sinergia com as pessoas e a cultura corporativa.

Satoshi Yadoya, especialista em Desenvolvimento de Novos Negócios da Cushman & Wakefield conta como tem sido o retorno: ‘‘temos trabalhado bastante com clientes para aumentar atratividade dos espaços, conveniências e recursos que tornam o retorno mais interessante e produtivo. A qualidade dos ambientes também tem sido prioridade, como a qualidade de ar, certificações de bem-estar e sustentabilidade, que também propiciam espaços de trabalho melhores e mais saudáveis’’, diz.

Não havendo mais ondas críticas ou medidas de distanciamento, 2022 deve seguir como o ano do retorno híbrido.

ARTIGOS APRESENTADOS

Faria Lima
Artigo • Escritório

Faria Lima

Todos os dias, 145 mil pessoas circulam pela região da Faria Lima, em São Paulo. Sua localização estratégica, com fácil acesso às avenidas Europa, Cidade Jardim, Rebouças, Juscelino Kubitschek e Marginal Pinheiros faz dela um dos pontos mais cobiçados de São Paulo, com a maior taxa de ocupação de escritórios da região desde 2015.

Raquel Miralles • 5/18/2022
Transação ESPM Rio de Janeiro
Artigo • Investimento

Nova Casa da ESPM Rio

Encontrar um imóvel histórico, tombado, preservado e ao mesmo tempo arrojado e inovador, com metragem para abrigar um campus universitário na Zona Sul do Rio de Janeiro é uma missão quase impossível nos dias de hoje, mas com a ajuda da Cushman & Wakefield, a ESPM conseguiu.

Thierry Botto • 3/7/2022
Mercado logístico brasileiro
Artigo • Logístico

Mercado logístico brasileiro

2021 foi mais um ano memorável para o setor de galpões logísticos no Brasil. De forma geral, repetiu-se em 2021 a excelente performance de 2020, consolidando um ciclo de cerca de 4 anos de bons resultados para o setor.
Raquel Miralles • 2/17/2022

NÃO ENCONTROU O QUE PROCURA?

Entre em contato com um de nossos profissionais.

A Cushman & Wakefield utiliza cookies para analisar o tráfego e melhorar a experiência de navegação do usuário neste website. Feche este diálogo para confirmar o seu consentimento, ou visite esta página para saber mais:
Informações Importantes sobre cookies

Mais opções
Concordar e Fechar
These cookies ensure that our website performs as expected,for example website traffic load is balanced across our servers to prevent our website from crashing during particularly high usage.
These cookies allow our website to remember choices you make (such as your user name, language or the region you are in) and provide enhanced features. These cookies do not gather any information about you that could be used for advertising or remember where you have been on the internet.
These cookies allow us to work with our marketing partners to understand which ads or links you have clicked on before arriving on our website or to help us make our advertising more relevant to you.
Agree All
Reject All
SAVE SETTINGS